O Centro Cultural Boa Viagem /

Nosso Ideal


NOSSO IDEAL


O Centro Cultural Boa Viagem visa a formação da juventude, promovendo atividades culturais, sociais e profissionais dentro de um saudável ambiente de amizade, de valores éticos e vivência das virtudes. No seu projeto pedagógico, busca contribuir para o desenvolvimento de qualidades nos universitários, que lhes tornem melhores pessoas, tais como a sinceridade, a fortaleza, a justiça, o domínio próprio e a solidariedade. Virtudes estas que levarão para toda a vida pessoal e profissional. As suas atividades procuram fomentar a sadia e positiva visão crítica do momento cultural, a capacidade de síntese, a desfragmentação do saber e a perspectiva holística do mundo. O ponto de partida é a forma como o CCBV se posiciona quanto à concepção da universidade: o lugar onde se cristalizam as experiências humanas grandes e fundamentais (Josef Pieper). A origem do próprio nome, universum, exprime o relacionamento com a totalidade do real, com o mundo como um todo, a “reunião de todos os saberes”. No entanto, é cada vez mais difícil encontrar essa plenitude. Os cursos universitários visam a especializações cada vez mais estreitas, a sociedade discute o irrelevante, as pessoas perdem os valores de referência, como se o Norte tivesse sido arrancado das bússolas. É natural que os melhores estudantes, e em geral os jovens que querem o “algo mais”, se sintam decepcionados. Sem concorrer com a formação técnica especializada das universidades atuais, o “algo mais” que o Centro Cultural Boa Viagem oferece é justamente chamar a atenção para as perguntas que todo homem enfrenta desde que o mundo é mundo: Quem sou eu? Quais os valores necessários para realizar-me? Qual o sentido da minha vida? O que significar ser melhor e como consegui-lo?

MENSAGEM DO DIRETOR
Contrariando as suas origens e o seu próprio nome, a universidade de hoje está cada vez mais especializada. Ao invés de formar o aluno num saber universal e prepara-lo para a vida em toda a sua plenitude, busca-se cada vez mais o concreto: aprender uma técnica, resolver um problema, usar um instrumento. O CCBV procura ampliar essa formação oferecendo atividades culturais, profissionais, e de formação humana e espiritual, que proporcionam valores éticos e ideais, e melhoram a visão de sí próprio e do seu futuro, do mundo e da realidade.

Raul Bernardo Vidal Pessolani DSc – Professor Associado 3 do Depto. de Eng. Mecânica Universidade federal Fluminense